segunda-feira, abril 10, 2006

Abertura do Campo Pequeno

Campo Pequeno

Na sua última marcha anti-touradas, a organização ANIMAL havia dito que a próxima seria pela altura da abertura do Campo Pequeno. O Diário de Notícias avançou já com as datas de abertura daquele espaço tauromáquico, pelo que se pede a todos os activistas que estejam alerta e se mostrem disponíveis a juntar-se ao grupo de manifestantes no próximo dia 18 de Maio, quinta-feira. Dar-vos-emos mais informações futuramente!

1 Comments:

Anonymous TOURO said...

Espero ver-vos igualmente à porta de todos os matadouros deste país que, por ano, aniquilam para nosso "bel prazer" toneladas de carne de vaca, porco, galinha, peru, etc, etc...É a venda destas toneladas que permite o sustento de muitas famílias que investiram muitíssimo do seu dinheiro e do seu tempo.
Esses ditos animais que vocês não só se dizem protectores como também querem ver considerados com igualdade de direitos e oportunidades não são comparáveis ao touro.
Aqui estão bases que fundamentam a minha tese:
-Cada touro vive em média mais dois anos do que qualquer animal de "consumo".
-Todo e qualquer touro tem direito a uma área de "pastagem" que ronda um ratio de 1 ha por toiro, sendo que a noção de liberdade em vida não pode ser melhor observada.
-É absolutamente impressionante o investimento anual de uma ganadaria na preservação de todas as cabeças de gado que lhe pertencem.Acreditem que no dia em que o touro deixar de ser visto com possível retorno de investimento...a raça brava extingue-se...O TOURO QUE SE DIZEM PROTECTORES EXTINGUE-SE!!
-Nenhum touro pode ser deixado à solta sob pena de querer vincar a sua genetica no ataque a qualquer ser humano.
-Por ano são centenas de quilos de touro, e não toneladas, que são mortos...razão principal: alimento de distribuição pelas cantinas da casa pia e da santa casa da misericórdia! A carne de touro não é posta à venda em supermercados.

Por favor, passem a política e a hipocrisia para outros assuntos mais verdadeiros.
Existem outras formas de receber antena e de aparecer na televisão.
Deixo uma mensagem final para todos os activistas citadinos...ao longo dos últimos 4 anos tiveram lugar em Portugal continental perto de 250 corridas de touros...eu percebo é mais cómodo protestar perto de casa.
Talvez as razões que levam ao protesto não são bem recebidas fora e, sobretudo, essas ditas razões substistem precariamente visto ninguém saber bem o fundamento principal de tal protesto.

Obrigado,
Vemo-nos

6:31 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home