segunda-feira, junho 27, 2005

Exportação de gado vivo transportado da U.E.

Por sugestão da ANIMAL - Associação Nortenha de Intervenção no Mundo Animal deixamos aqui os contactos de algumas das entidades que poderão contactar por forma a propor o fim dos subsídios para a exportação de gado vivo transportado da U.E. para países fora desta coligação.

[Segue em baixo o draft do e-mail que poderão enviar. Mais uma vez alertamos para a personalização das vossas mensagens. Obrigada!]

Luís Queiró, Pedro Guerreiro, Sérgio Sousa Pinto, Ana Gomes, Joel Hasse Ferreira, Elisa Ferreira, Francisco Assis, Vasco Graça Moura, João de Deus Pinheiro, José Silva Peneda

* * * * * * * * * *

Ex.mo/a Senhor/a Deputado/a,

Apelo a V. Ex.ª para lhe subscrever a Declaração Escrita 20/2005, pelo fim do pagamento de subsídios para a exportação de gado vivo transportado da União Europeia para países fora da UE. Acredito que não é eticamente aceitável que fundos públicos sejam gastos num sistema que inflige rotineiramente uma enorme quantidade de sofrimento a animais, pelo que, consequentemente, defendo que a UE deve pôr fim ao sistema ao sistema de subsídios para a exportação de gado vivo para fora da UE, nomeadamente para o Médio Oriente, presentemente em concreto para o Líbano e para o Egipto.

Uma investigação recente conduzida pela Compassion In World Farming, intitulada “Stop The Bull Ship”, lançada no Parlamento Europeu no passado dia 6 de Abril pela actriz Joanna Lumley, demonstra como os animais são regularmente forçados a viajar por períodos muito prolongados de tempo, que podem durar até 10 dias, desde a UE até ao Líbano, o que implica que gravíssimos problemas de bem-estar se coloquem. Os animais chegam frequentemente ao seu destino sob elevado stress, esfomeados, desidratados e exaustos.

O cumprimento da legislação comunitária de bem-estar animal tem-se revelado claramente inexistente neste transporte, mesmo até porque se revela de muito difícil aplicação e fiscalização, sendo de destacar que, mesmo que houvesse fiscalização, nunca poderia ser eficaz, na medida em que não é possível preservar o bem-estar destes animais em viagens tão longas e com estas características. Além disso, a legislação comunitária de bem-estar animal não se aplica ao transporte e abate de animais de caminho e à chegada a países fora da UE. Isto faz com que, definitivamente, assim que os animais cheguem ao Líbano e ao Egipto, tudo o que lhes aconteça deixe de estar sob qualquer tipo de controlo de bem-estar.

De acordo com informações da Comissão, o consumo de carne de vaca foi maior do que a produção na UE no ano de 2003, e esta tendência parece vir a registar-se até 2011, pelo menos. Peço, pois, a V. Ex.ª que aborde esta questão com os Estados Membros, como uma questão urgente, para que seja apresentada uma proposta para pôr um fim total, imediato e permanente ao sistema de subsídios públicos para a exportação de gado da UE especialmente para o Médio Oriente. Peço também a V. Ex.ª que tente envolver outros Deputados da Parlamento Europeu neste esforço para preservar os animais deste sofrimento inaceitável.

Aguardando uma resposta de V. Ex.ª e agradecendo antecipadamente a atenção,

Com os melhores cumprimentos,

Nome:
E-mail:
Cidade:

2 Comments:

Anonymous patitafeia said...

Trabalho numa firma de transportes.
Hoje ligaram-me para consulta do envio de cerca de 20 (vinte) cães e gatos, provenientes da Venezuela com destino a Lisboa.
"Pertecem" a um casal que tem vindo a adoptar sucessivamente animais abandonados (conforme pude apurar, lá é uma desgraça no que concerne a abandono de animais...) e, visto terem de se mudar agora para Portugal, querem trazê-los com eles, de modo a não terem de ser abatidos...
A empresa onde trabalho não faz este tipo de serviço, nem tão pouco conhecemos quem o faça.
Eles recusam-se peremptoriamente a trazê-los no avião devido a relatos de acontecimentos passados nas companhias aéreas e aeroportos da América Latina no que concerne a transporte de animais (pelos vistos são todos comestíveis, quando a crise aperta....).
Há alguma maneira de poder ajudá-los?
Conto com a vossa colaboração...
Patita Feia

4:12 da tarde  
Anonymous Adopção dos Animais said...

Olá!!
Eu sou a tal que tinha o blog das adopções dos animais no blogspot.. só que entretanto tive uns erros e tive que alojar noutro sítio. Agora estou na www.adopcaodosanimais.blogs.sapo.pt
Espero pela tua visita.

8:50 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home